A Revista Mais que Amélias nasceu em uma tarde de 2014 por iniciativa de integrantes do Coletivo Feminista Mais que Amélias, de União da Vitória/PR e Porto União/SC, vinculadas à Universidade Estadual do Paraná. Inspiradas na canção popular brasileira "Ai, que saudade da Amélia!" de Mário Lago e Ataulfo Alves, resolvemos confrontar o velho esteriótipo da boa mulher e dona de casa, a "Amélia", para nos posicionar como MUITO MAIS que Amélias. Somos leitoras, escritoras, pesquisadoras e agentes criativas.

No mesmo ano, muitas iniciavam suas primeiras pesquisas científicas voltadas às temáticas de gênero e feminismos e sentiram a necessidade de criar um espaço onde pudessem compartilhar conhecimento. Além disso, tal plataforma também ofereceria a divulgação da produção feita por pesquisadorxs de diferentes regiões e pontos de vista.

Assim surgiu a revista!

Trata-se de um periódico de fluxo contínuo com caráter multidisciplinar que está aberto a contribuições de profissionais de diferentes áreas, militantes de movimentos sociais, pesquisadorxs, estudantes de todas as áreas de conhecimentos e de diferentes níveis de formação.

As seções disponíveis são: artigos, resenhas de livros, relato de experiências, entrevistas, ensaios fotográficos e de outras imagens e outras histórias. Todos os trabalhos publicados são de inteira responsabilidade das autoras e autores O envio desses trabalhos implica na concessão dos direitos autorais relativos a esta publicação. O envio de artigos e outros materiais recebidos são publicados em fluxo contínuo, conforme citado, no entanto não estabelece um prazo máximo para tal pubicação.

Política de Acesso Livre: Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

ISSN: 2358-758X

QUALIS INTERDISCIPLINAR: B5

Criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now